Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrar ]   rss feed

Manifestação no Barreiro  

Publicado em 22 de junho de 2013

As ruas e avenidas do Barreiro, em Belo Horizonte, foram ocupadas por em torno de cinco mil manifestantes na noite desta sexta-feira (21). O ato, intitulado de “BARREIRO – Mudança Já! Nós somos esta geração!”, começou às 17 horas e foi realizado de forma pacífica. No começo da ação, algumas bombas foram lançadas por parte da minoria dos participantes. No entanto, ninguém ficou ferido ou foi detido. A manifestação foi acompanhada de perto por 200 militares lotados no 41º Batalhão da Polícia Militar.

Atendendo aos pedidos dos criadores do protesto, que também foi organizado por meio de evento criado no Facebook, a maioria dos participantes vestiu roupas brancas e levou vários cartazes e faixas com frases de reivindicação escritas.

O grupo encontrou em frente à portaria 1 da Pontifícia Universidade Católica unidade Barreiro e seguiu em passeata pelas avenidas Sinfrônio Brochado e Olinto Meireles. O objetivo da caminhada foi chegar na praça José de Almeida Netto, onde foi feita uma outra concentração. Em seguida, os manifestantes prosseguiram a marcha até a avenida Waldir Soeiro Emrich até chegar na obra do Hospital Regional, onde ficaram parados por pelo menos 20 minutos. Na sequência, o grupo fez o caminho de volta usando a mesma rota da ida, mas ainda pararam na avenida Afonso Vaz de Melo antes de chegar na Puc Barreiro novamente.

As principais reivindicações dos participantes desse protesto foram melhorias no metrô, educação e saúde, com pedido especial da finalização das obras do Hospital Metropolitano do Barreiro. “O foco foi chamar a atenção das lideranças do Barreiro para os problemas locais. Queremos uma atenção especial para a questão do metrô e da obra do hospital”, diz Rodrigo Rocha, um dos organizadores.

Texto: Hoje em Dia
Foto: Rodrigo Oliveira

  


Copyright 2009-2013. Criado por Fatto Comunicação: (31) 3022-7756